quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Prefeito de São Jorge do Ivaí faz o convite para a 1ª Festa da Primavera

Adolescente suspeito de matar uma pessoa é detido em Paiçandu



Depois de um trabalho de inteligência e investigação, a Polícia Civil de Paiçandu cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa de um adolescente de 17 anos que mora no Conjunto Bela Vista ll. Durante as buscas, os policiais 69 gramas de crack, 6 munições de calibre 38, 9 munições de calibre .40, um carregador de pistola calibre 9mm e mais de 1.100,00 reais em dinheiro.
O menor é suspeito de ter baleado três jovens na noite do dia 30 do mês passado na Rua Francisco José Net, no Jardim Novo Horizonte, em Paiçandu. As vítimas Alan Cavalcante Maia, de 18 anos,  Alan Abreu de Garcia, de 26, e Patrick Henrique Ribeiro, de 22 anos, estavam na garagem de uma casa quando foram atingidos por vários tiros. 
Alan Garcia foi ferido por um tiro de raspão na cabeça e outro nas nádegas. Alan Maia foi atingido na coxa esquerda e um tiro no pé. Patrick foi ferido no pé e procurou atendimento horas depois em Paiçandu. No dia 2 de setembro, Patrick Henrique foi assassinado com cinco tiros em sua casa que fica no Jardim Novo Horizonte.
Os dois jovens que sobreviveram foram ouvidos na delegacia e apontam o adolescente de ser o atirador. Na tarde desta quinta-feira (21), o adolescente acompanhado de seu advogado negou em depoimento ser responsável pelos tiros causados nas vítimas. De acordo com a Polícia Civil de Paiçandu, o menor é ainda suspeito de ter participação na dupla tentativa de assassinato que ocorreu na manhã desta quinta-feira no Jardim Universo em Maringá.

As vítimas que foram baleadas são moradoras de Paiçandu. 
Fonte: André Almenara

Aos moradores de Marialva!

Câmara aprova criação de 46 cargos e alterações na carga horária de médicos plantonistas e técnicos de enfermagem:
Por unanimidade, os vereadores da Câmara Municipal de Marialva aprovaram nesta segunda-feira (18) o Projeto de Lei (51/2017), de autoria do Executivo, que cria 46 cargos, altera a carga horária do cargo de médico plantonista diurno e do técnico de enfermagem, bem como altera o valor da remuneração inicial do último.
 Na legislação vigente, a carga horária do médico plantonista diurno é variável e pode ser estipulada entre 15 a 44 horas, sem critérios específicos. A nova proposta específica essa carga horária para 18 horas, visto que o período de trabalho desses profissionais na prática é fracionado com o mínimo de 6 horas semanais. Já a carga horária do técnico de enfermagem foi ajustada de 40 a 44 horas para 44 horas semanais, de acordo com as escalas de trabalho já instituídas a fim de evitar a geração de horas extras. O valor da remuneração inicial do Técnico de Enfermagem também foi adequado para R$ 1.642,57.
 O projeto também aumenta o número de vagas de vários outros cargos, considerando a crescente demanda dos serviços prestados. Serão criadas 3 vagas de assistência social; 5 vagas de farmacêutico; 5 vagas de enfermeiro; 10 vagas de técnico em enfermagem; 10 vagas de agente administrativo; 3 vagas de agente da defesa civil; e 10 vagas de vigia.

Brasil tem geração de 35,4 mil vagas de trabalho em agosto


O Brasil teve criação de 35.457 vagas de emprego formal em agosto, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério do Trabalho. O saldo no mês é a diferença entre admissões e demissões no período. É o quinto mês consecutivo de criação de vagas formais. O saldo acumulado no ano é de 163.417 vagas.
Dentre os setores,  a maior alta foi em serviços, com 23.299 contratações a mais que demissões no período, puxada pelos serviços de ensino (17.532). O setor de serviços é o maior empregador formal do país, com cerca de 44% das vagas. A maior baixa foi registrada na agricultura, com perda de 12.412 vagas.

Apesar da recuperação no mercado de trabalho formal nos últimos meses, o nível de emprego ainda não superou o registrado em novembro do ano passado. A quantidade total de vagas no país foi de 38,5 milhões, ante 38,8 milhões em novembro de 2016. Em agosto do último ano, o saldo era de 39 milhões, e o estoque total era de 41,7 milhões em novembro de 2014.

domingo, 17 de setembro de 2017

Polícia prende segundo suspeito de atentado em Londres


Um jovem de 21 anos foi detido na manhã deste domingo por suspeita de participar do ataque à estação de metrô Parsons Green, em Londres, que aconteceu na sexta-feira. De acordo com a polícia do Reino Unido, o homem encontrado em Hounslow, sudoeste da capital britânica, foi levado para prestar depoimento e não teve sua identidade revelada.
No sábado, as autoridades locais já haviam prendido outro suspeito, um rapaz de 18 anos. O homem foi detido na sala de embarque do porto de Dover, local de saída de transportes que cruzam o Canal da Mancha, sob a suspeita de preparar e instigar atos de terrorismo.
O atentado que deixou 29 passageiros feridos foi causado com um artefato de fabricação caseira, que estava em um cubo branco dentro de uma sacola de supermercado, e explodiu parcialmente em uma composição da linha District que seguia para o centro da capital britânica. No mesmo dia, o Reino Unidoelevou para o nível crítico a ameaça terrorista contra o país, que é o mais alto em sua escala e significa que um outro atentado pode ser iminente, disse a primeira-ministra Theresa May.
O ataque

A explosão causada por um artefato de fabricação caseira no metrô de Londres ocorreu por volta das 8h20 do horário local (4h20 em Brasília) em um vagão de um trem parado na estação de Parsons Greeen, no sudoeste de Londres, que estava lotado de pessoas indo para o trabalho. Segundo fotos divulgadas pela imprensa local, o artefato estava em um balde branco dentro de uma sacola de supermercado. Aparentemente, havia um detonador, mas ele não chegou a explodir totalmente. Por esse motivo, especialistas acreditam que o terrorista tinha como objetivo deixar muitas vítimas. A explosão obrigou as autoridades a fechar a estação de Parsons Green e os arredores. Vizinhos da região foram tirados de suas casas. Agora, as forças de segurança estão coletando provas que permitam localizar o responsável pelo atentado. Este foi o quinto ataque terrorista de 2017 na Inglaterra. Os outros quatro ocorreram perto do Parlamento britânico, na Manchester Arena, durante um show de Ariana Grande, na ponte de Londres e, por fim, em uma mesquita do norte da capital. A última vez que as autoridades britânicas decidiram elevar o nível de ameaça a “crítico” foi em maio, após o atentado suicida em Manchester, no norte da Inglaterra.

Prazo de inscrição em concurso fotográfico está chegando ao fim

A Câmara Municipal de Maringá encerrará, no próximo dia 21 (quinta-feira), o prazo de inscrições para a quarta edição do concurso fotográfico “As árvores do Passeio Público”.
O objetivo é eleger as melhores imagens registradas em ruas, praças ou jardins públicos da cidade. A candidatura poderá ser feita pessoalmente ou pelo Correio até o dia 21 de setembro. O regulamento completo e a ficha de inscrição estão à disposição dos interessados no site do Legislativo (www.cmm.pr.gov.br).
O concurso é aberto à participação de amadores e profissionais da área fotográfica. Cada inscrito poderá concorrer com até duas fotografias, tamanho 20x25cm, coloridas e em papel fosco, sem margem, juntamente com a ficha de inscrição.
Os trabalhos deverão ser acondicionados em envelope e deverão ser enviados pelo Correio ou entregues, na sede do legislativo maringaense, com a seguinte identificação:
Concurso Fotográfico “As Árvores do Passeio Público de Maringá” – Câmara Municipal de Maringá, Avenida Papa João XXIII, 239, Centro, Maringá – PR, CEP 87010-260.
A Mesa Executiva da Casa definirá uma Comissão Julgadora para analisar os trabalhos recebidos. Os autores das três fotografias com as melhores notas receberão certificados emitidos pela Câmara Municipal de Maringá, mencionando as respectivas colocações no concurso. Os demais concorrentes receberão certificados de participação.

Mais informações sobre o assunto poderão ser obtidas diretamente na Escola Legislativa ou pelo telefone: (44) 3027-4114.